3 receitas caseiras para clarear os dentes

3 receitas caseiras para clarear os dentes

Clarear os dentes é um procedimento estético realizado por muitas pessoas, uma vez que, mesmo com a higienização adequada, os elementos dentários podem desenvolver algumas manchas naturais com o passar do tempo.

Dessa forma, apesar do clareamento ser um procedimento realizado em consultórios, feito de forma mais rápida com resultados que aparecem em semanas, ainda sim, é possível realizar ele através de produtos e ingredientes caseiros. 

Sabendo disso, confira a seguir algumas receitas caseiras que servem para clarear os dentes para que você possa ter eles branquinhos, mesmo que não possa pagar por um clareamento em consultório, ou realizar procedimentos, como por exemplo, colocar uma lente de contato dental.

Quem não pode fazer o clareamento dentário?

Apesar do clareamento ser um tratamento benéfico para os dentes e deixá-los mais brancos, mais bonitos e estéticos, existem algumas situações em que esse procedimento é contraindicado para algumas pessoas. 

Um desses casos são os menores de idade, uma vez que o clareamento é contraindicado para menores de 16 anos. 

Além deles, esse procedimento também não é indicado para mulheres grávidas, ou mães que estão amamentando, ou ainda em pessoas que têm manchas nos dentes causadas pelo uso de tetraciclina, ou que sofrem de sensibilidade neles.

Para além destas contra indicações, pessoas que realizaram restaurações nos dentes não podem fazer clareamento dental a laser ou até mesmo um normal, uma vez que o procedimento não é efetivo pelo clareador não funcionar em resinas.

Em suma, pessoas que respiram pela boca também precisam ficar atentas antes de iniciar o tratamento e solicitar uma avaliação com o dentista. Isso porque, esse hábito faz com que a boca fique mais seca, provocando manchas.

O carvão realmente pode clarear os dentes?

Muitos produtos no mercado prometem o clareamento rápido dos dentes mesmo que não haja provas científicas de sua eficácia, como o que acontece com produtos feitos de carvão. 

Isso porque, diferente do clareamento feito em consultório odontológico, assim como a colocação de lente nos dentes, os dentistas são capazes de alterar a estrutura dos elementos dentários, mudando não apenas a sua aparência, como muitos imaginam.

Já os produtos feitos à base de carvão removem as partículas coloridas dos alimentos somente da superfície dos dentes, então, é possível dizer que eles os clareiam de forma superficial. 

Para além disso, produtos feitos em carvão também são contraindicados por possuir em sua fórmula uma espécie de argila, materiais que são muito abrasivos por natureza.

Portanto, o uso dessas substâncias na escovação pode desgastar o esmalte dos dentes, e uma vez que quando eles são destruídos, sua arcada dentária acaba ficando sem sua principal defesa. 

Com isso, expõe eles a diversos problemas bucais, como as cáries, e até mesmo a sensibilidade nos dentes.

Vale lembrar que muitas das doenças bucais, quando agravadas, podem provocar diversas consequências, como dores de dentes e até mesmo queda ou extração dos mesmos, questão que necessita que o paciente procure colocar facetas de resina, por exemplo. 

Quais alimentos podem auxiliar no clareamento dos dentes?

Assim como é possível realizar alguns tratamentos caseiros e passar nos dentes, os alimentos que consumimos também podem ter uma ação clareadora na arcada dentária. 

Com isso, eles deixam os dentes mais brancos ou até mesmo ajudam na manutenção da cor deles. 

Em suma, esses alimentos ajudam para que os dentes não fiquem manchados com facilidade, como é o caso de pessoas que usam alinhador, como o aparelho de porcelana preço.

Portanto, confira a seguir os principais alimentos que ajudam no clareamento dos dentes, como:

  • Brócolis;
  • Queijos;
  • Uvas passas;
  • Abacaxi;
  • Morango;
  • Espinafre;
  • Maçã;
  • Pêra;
  • Pepino;
  • Leite;
  • Gengibre;
  • Castanha do Pará;
  • Cenoura;
  • Nozes, castanhas e gergelim;
  • Cebola e alho.

Desse modo, além das comidas, entendam outros hábitos que prejudicam o esmalte dentário.

Quais hábitos prejudicam o esmalte dentário?

Assim como existem alimentos e hábitos que ajudam na manutenção de dentes mais claros, há também outros que prejudicam o esmalte dentário e implicam em manchas nele, como por exemplo a falta de escovação e uma boa higiene bucal.

Além disso, consumir bebidas como café e vinho também ajuda no escurecimento dos dentes, assim como o hábito de fumar. 

Em resumo, é indicado que as pessoas consumam pouco esses alimentos e quando consumirem, escovarem os dentes para evitar uma ação colorante na arcada dentária muito grande.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.